Boletim Gioconda

O Boletim Informativo Gioconda tem por objetivo noticiar as ações do Programa Gioconda, informar sobre os Projetos em andamento e reportar assuntos de interesse que dizem respeito às Artes, Artesanais e Cultura.

ooo

Dia Internacional do Bordado30 de Julho

Por Sandra Ulrich em 03/08/21

A Academia de Bordado de Täcklebo, na Suécia, une artistas, educadores, curiosos e historiadores, com o objetivo de promover o bordado como expressão artística e conscientização sobre a tradição da técnica. Em 2011 surgiu a ideia de criar uma data especial para comemorar o Bordado, unindo pessoas de diversos países com o mesmo interesse e celebrar a técnica como ato criativo.

Esse grupo elaborou um Manifesto, no qual coloca o bordado como uma ferramenta importante para a união entre os povos, para criar um movimento pela paz mundial, um ato criativo, libertador e que pode inspirar as pessoas a se engajarem na criatividade, que leva a um melhor entendimento entre países e entre pessoas. Esse Manifesto instituiu o dia 30 de julho como o Dia Internacional do Bordado e a sua importância deve ser espalhada ao redor do mundo.

O dia está sendo celebrado em vários lugares do mundo. Em Águas de São Pedro, em especial, o Programa Gioconda, através do Coletivo Bordando Águas, comemorou a data em um encontro virtual e, para inspirar nosso fio de prosa bordada, tratamos da História do Bordado.

O bordado é uma prática antiga, que surgiu na pré-História, quando as vestes feitas com pele de animais eram costuradas com agulhas feitas de ossos e os fios feitos de fibras vegetais ou tripas de animais, tornou-se arte e se difundiu através dos tempos. O bordado foi encontrado nas túnicas da Grécia Antiga, adornando vestes e utensílios no Império Romano e, ainda, no Antigo Egito, China, Pérsia, Índia e Inglaterra. O Oriente Médio aperfeiçoou e criou técnicas na arte de bordar, que até hoje são utilizadas nos bordados manuais.

No Ocidente, as abadias e mosteiros incentivaram o bordado, cuja prática era realizada por damas da corte e até rainhas. Um exemplo é o Bordado de Bayeux, uma tapeçaria (que apesar do nome é um bordado em fio de lã sobre tecido de linho), que mede cerca de 70 metros de comprimento por meio metro de altura e representa 58 cenas que descreve a ascensão de Guilherme ao trono da Inglaterra em 1066.

Na Idade Média, do final do século XII ao XV, existem referências aos bordados por toda a Europa, ganhando novas formas, como as rendas, e alcançou seu auge no século XVI, tornando-se artesanato decorativo e ensinado somente às mulheres da corte.

E o bordado espalhou-se pela Europa, Ásia e Estados Unidos, tornou-se uma arte popular.

No século XX surgiram as máquinas e o bordado se industrializou, porém o bordado manual continuou valorizado, ensinado às meninas nas escolas, para que elas preparassem seu próprio enxoval para o casamento. Na década de 1980, as máquinas de bordar evoluíram e se informatizaram, que facilitaram e aumentaram a produtividade (lembre-se de nossa vizinha São Pedro).

O bordado manual persistiu e hoje ganhou novos contornos, em especial no período pandêmico, atraindo públicos mais jovens, tornando-se fonte de renda. Essa prática tão antiga ajustou-se aos tempos, aperfeiçoou-se, mas a essência continua a mesma, uma arte que cria beleza e partilha histórias, a partir das mãos de bordadeiras e bordadeiros que, em qualquer tempo e lugar, sempre têm algo para expressar, com afeto e delicadeza.

oooo

ooooo

Manifesto para o Dia Mundial do Bordado em 30 de julho

Por Sandra Ulrich em 30/07/21

Os têxteis refletem nosso mundo e nos bordados podemos observar expressões existentes em nosso tempo. Bordados e têxteis enfatizam as desigualdades sociais entre os países.

Através dos bordados, podemos chamar a atenção para a necessidade de nos envolvermos no papel que os têxteis desempenham no comércio mundial e, portanto, para a paz mundial. Os têxteis são poderosos e com a ajuda de bordados, queremos inspirar mais pessoas a se engajarem na criatividade que leva a um melhor entendimento entre países e entre pessoas.

O bordado é uma ocupação pacífica e tradicional da memória compartilhada, elaborado, seguindo padrões ou de sua própria imaginação. O bordado é uma fonte de alegria e beleza, decoração e para criar uma identidade.

Os pontos podem ser decorativos, bonitos, reconfortantes, informativos, curativos, reveladores, prazerosos, rebeldes, carinhosos e perfeitos.

As pessoas bordam por prazer, como um hobby, profissionalmente, para as necessidades da vida, como um ato libertador. As pessoas bordam em grupos ou em solidão meditativa. Queremos chamar a atenção para o bordado como um ato criativo livre, que pode levar a pensamentos e ideias livres e criativas. Queremos unir nossos fios de bordado do Norte do mundo com pontos costurados pelas irmãs e irmãos bordados ao redor do mundo.

Queremos fazer parte de um movimento pela paz, alegremente criativo.

A iniciativa foi do Täcklebo Broderiakademin (Academia de Bordado de Täcklebo) em Vismarlöv, na Suécia, em 30 de julho de 2011.

A consciência da importância do bordado e do Dia Mundial do Bordado deve ser espalhada ao redor do mundo.

Faça do dia 30 de julho um dia criativo para a paz, liberdade e igualdade.

www.broderiakademin.nu

ooooooooooo

ooooo

O Boletim Gioconda traz como matéria inaugural três lançamentos

Por Cidinha Cintra em 24/05/21

1º) A Planilha Modelo para inserir informações das expressões artísticas no App Destinos Inteligentes da Prefeitura

Observação: O aplicativo vai divulgar os equipamentos, serviços e atrativos de Águas de São Pedro e também incluirá os trabalhos das pessoas cadastradas no Programa Gioconda.

A Planilha foi preenchida pelos participantes e serão também divulgadas no Site Desenvolvimento Local nos links https://desenvolvimentolocal.com/aguas-de-sao-pedro/programa-gioconda/artes/ e https://desenvolvimentolocal.com/aguas-de-sao-pedro/programa-gioconda/artesanato-e-manualidades/ O App da Prefeitura (será lançado em breve).

2º) O Logo do Projeto Coletivo Bordando Águas

Criado pela Artista/Artesã Alice Quadrado, expressa de maneira delicada o espírito do bordar e a intenção do Coletivo.

3º) Abertura permanente do Cadastramento no Programa Gioconda

Agora aberto de forma permanente o cadastramento serve a todos, artistas e artesãos, os que ainda não se cadastraram e aos futuros que estão por vir.

Divulgue a quem você acha que possa se interessar.

kkkkk